Saiba a Importância da Educação Financeira para Viver

porbeehappymkt

Saiba a Importância da Educação Financeira para Viver

A Educação Financeira é um assunto que costuma assustar algumas pessoas que preferem sempre fugir do assunto, pois acreditam que esse tema é um tabu e optam por ignorá-lo.

O que acontece é que, sem educação financeira, é muito fácil as pessoas perderem dinheiro e se frustrarem. Portanto, conhecer sobre o assunto pode tornar o consumo do dinheiro mais consciente.

Através da educação financeira, as pessoas conseguem controlar melhor o dinheiro, pois elas podem ver claramente com o que estão gastando e, a partir daí, é possível estabelecer metas e estratégias.

Ganhar dinheiro, guardar e investir são tarefas difíceis e exigem um pouco de conhecimento que pode ser crucial. A educação financeira não é apenas sobre fazer um planejamento financeiro. Ela engloba a forma como você recebe o dinheiro, administra ele, investe e planeja para o futuro.

Educação financeira é um hábito e é através desse hábito que as pessoas conseguem ficar ricas  e aumentar ainda mais o capital.

Neste artigo, você verá um pouco sobre educação financeira para iniciantes, como começar a investir do zero e  outros assuntos relacionados ao tema.

Educação financeira para iniciantes

A educação financeira nada mais é do que um estudo que ensina as pessoas a lidarem com o dinheiro, a fim de fazer o melhor uso possível dele. Este uso deve ser feito de maneira controlada e consciente.

Dinheiro é algo que mexe com as pessoas e transforma vidas, tanto de forma positiva quando de forma negativa. O que vai diferenciar esses dois casos é  justamente a maneira como as pessoas administram seu dinheiro.

A educação financeira ajuda as pessoa a encararem o dinheiro como um objeto que pode ser dominado por você, isso é algo que deve ser ressaltado, pois a relação das pessoas com o dinheiro é de tratar ele como algo que pode dominar. 

Não é nada incomum conhecer pessoas que compram coisas desnecessárias, ou que sempre terminam o mês no vermelho, sem nenhum dinheiro extra na conta.

Isso geralmente ocorre porque as pessoas não passam por uma educação financeira no decorrer da vida. Nas escolas, pouco se é abordado sobre o tema, nas famílias também. Consequentemente, uma geração sem conhecimento financeiro foi formada e essas pessoas passam por grandes apertos graças à falta de educação financeira.

Entretanto, é claro que a situação dessas pessoas pode ser revertida através da educação financeira, e existem muitas formas de começar a mudar a sua ligação com o dinheiro.

Uma das primeiras lições da educação financeira é que as pessoas precisam enxergar o dinheiro com seriedade e entender que ele não foi feito para ser gastado sempre, como a maioria das pessoas faz.

É de extrema importância que as pessoas parem de agir no impulso e gastem com futilidades que não trarão nenhum retorno financeiro e passem a pensar duas vezes antes de gastar o dinheiro.

Outra forma de lidar com o dinheiro e fazer isso se tornar proveitoso é investindo. Sempre que sobrar algo na sua conta no final do mês, invista. De preferência invista em instituições rentáveis, talvez a Poupança não seja a melhor opção, visto que o rendimento da poupança é um dos baixos que existem.

Outro conceito que deve ser conhecido é o de gastos passivos e gastos ativos. Gastos passivos são as compras feitas que não possuem nenhum ou quase nenhum retorno financeiro. São gastos com roupas, acessórios, comida, etc. Já os gastos ativos são compras que podem te dar retorno financeiro a longo prazo.

Deixar de gastar é uma tarefa árdua, mas, ainda assim, ela é mais fácil do que achar formas de ganhar mais dinheiro. Concorda? Portanto, é importante cortar gastos excessivos e se reeducar.

Muitas pessoas chegam até a educação financeira por conta de erros do passado, muitas dívidas ou, ainda, com o nome “sujo”. Para essas pessoas, o primeiro passo na educação financeira é organizar suas dívidas, pagá-las e restabelecer a ordem.

 

Enriquecendo com Educação Financeira

A educação financeira é uma das poucas coisas que podem dar certeza de enriquecimento. É claro que, certamente, ninguém fica rico de uma hora pra outra por meios convencionais.

Enriquecer demanda uma série de esforços que precisam ser feitos com frequência ou, melhor dizendo, precisam virar hábitos. 

Confira, a seguir, algumas dicas que podem ajudar você a ganhar mais dinheiro e, quem sabe, até conseguir enriquecer.

Faça um planejamento doméstico

Na prática, isto significa que todas as suas contas e gastos devem estar anotadas, seja em uma planilha no computador ou em uma caderneta.

Reduza gastos

Como dito anteriormente, é importante cortar gastos excessivos e sem necessidade. A educação financeira deve ser colocada em prática sempre que você pensar em gastar dinheiro com qualquer coisa. 

Novas dívidas também devem ser evitadas, a princípio. Neste primeiro momento, a ideia é organizar as dívidas atuais para, só então, considerar a hipótese de fazer outras dívidas.

Invista, mas tenha paciência

Enriquecer leva tempo e dedicação. Os investimentos devem ser feitos sempre que sobrar algum dinheiro da sua renda mensal e precisam ser movimentados com certa frequência. 

Quanto maior a quantidade de dinheiro investida e quanto mais movimentação feita, melhor. Os juros devem aumentar com o tempo e fazer o seu dinheiro investido valer a pena. Entretanto, é preciso ter paciência, pois os juros precisam se acumular.

Defina metas e objetivos

Você precisa deixar bem claro quais são as suas intenções, qual o seu objetivo e quais metas você deseja bater. 

Essa é uma forma de manter o foco e poupar o máximo de dinheiro possível, a fim de atingir os objetivos propostos. Suas metas devem ser diárias, semanais, mensais e anuais. Metas de curto, médio e longo prazo. 

 

Importância da Educação Financeira

Conforme foi visto nos tópicos acima, a educação financeira é uma parte essencial do processo de crescimento das pessoas. 

É essencial ter conhecimento sobre este assunto e aplicar os conceitos da educação financeira nas situações do dia a dia, pois é através dela que podemos deixar de encarar o dinheiro como um tabu, ou mesmo um inimigo, e passar a enxergá-lo como algo que está a nosso favor.

Deixe uma resposta